TABELA DA
SUL AMERICANA
 
.
.
NÚMEROS DO
TORNEIO
47
PARTICIPANTES
92
JOGOS
209
GOLS
2,28
MÉDIA DE GOLS
POR PARTIDA

.

.
.
OS CLUBES
PARTICIPANTES
CONHEÇA MAIS SOBRE OS PARTICIPANTES

.

.

.
MAIOR
GOLEADA
28.08.2014
Wilstermann Peñarol
0 4
Félix Capriles
(Cochabamba/BOL)

.

.
.
ATAQUE
MAIS POSITIVO
RIVER PLATE
17 GOLS

.

.

.

 
 

 

 

 

 

COPA SUL AMERICANA 2014
O CAMPEÃO
RIVER PLATE
Club Atlético River Plate
Fundação: 25 de maio de 1901
Buenos Aires - Argentina
Estádio: Monumental de Nuñez (61.321 lugares)
Site: www.riverplate.com.ar
 

 


COLOCAÇÃO FINAL
C PARTICIPANTES PG JG V E D GP GC SG

 Argentina River Plate (ARG)

26 10 8 2 0 17 5 12

 Colômbia Atlético Nacional (COL)

21 12 6 3 3 12 10  2

 Brasil São Paulo (BRA)

15 8 5 0 3 14 10  4

 Argentina Boca Juniors (ARG)

14 8 4 2 2 10 4  6

 Equador Emelec (EQU)

14 8 4 2 2 12 11  1

 Peru Univ C Vallejo (PER)

11 8 3 2 3 11 9  2

 Paraguai Cerro Porteño (PAR)

10 8 3 2 3 9 9  0

 Argentina Estudiantes (ARG)

7 6 2 1 3 7 8 -1

 Uruguai Peñarol (URU)

13 6 4 1 1 12 5  7
10º

 Paraguai Dep Capiatá (PAR)

11 6 3 2 1 10 6  4
11º

 Chile Huachipato (CHI)

9 6 3 0 3 10 8  2
12º

 Brasil Bahia (BRA)

7 4 2 1 1 5 3  2
13º

 Brasil Vitória (BRA)

6 4 2 1 1 5 4  1
14º

 Brasil Goiás (BRA)

6 4 2 0 2 3 3  0
15º

 Paraguai Libertad (PAR)

6 6 2 0 4 6 7 -1
16º

 Argentina Lanús (ARG)

1 2 0 1 1 2 3 -1
17º

 Uruguai River Plate (URU)

7 4 2 1 1 6 3  3
18º

 Equador Barcelona (EQU)

7 4 2 1 1 4 2  2
19º

 Paraguai General Díaz (PAR)

7 4 2 1 1 7 6  1
20º

 Venezuela Caracas (VEN)

7 4 2 1 1 4 4  0
21º

 Equador Ind del Valle (EQU)

7 4 2 1 1 3 4 -1
22º

 Colômbia Deportivo Cáli (COL)

5 4 1 2 1 5 3  2
23º

 Equador Univ Católica (EQU)

5 4 1 2 1 3 4 -1
24º

 Bolívia Univ Sucre (BOL)

4 4 1 1 2 4 6 -2
25º

 Brasil Fluminense (BRA)

3 2 1 0 1 2 2  0
26º

 Brasil Criciúma (BRA)

3 2 1 0 1 2 3 -1
27º

 Argentina Gimnasia (ARG)

1 2 0 1 1 0 1 -1
28º

 Brasil Internacional (BRA)

1 2 0 1 1 1 3 -2
29º

 Argentina Rosário Central (ARG)

1 2 0 1 1 1 4 -3
30º

 Brasil Sport Recife (BRA)

0 2 0 0 2 1 3 -2
31º

 Argentina Godoy Cruz (ARG)

0 2 0 0 2 0 3 -3
32º

 Chile Deportes Iquique (CHI)

3 2 1 0 1 1 2 -1
33º

 Uruguai Rentistas (URU)

3 2 1 0 1 1 2 -1
34º

 Bolívia Nacional Potosí (BOL)

3 2 1 0 1 1 3 -2
35º

 Equador Univ Católica (EQU)

2 2 0 2 0 2 2  0
36º

 Chile Cobresal (CHI)

1 2 0 1 1 3 4 -1
37º

 Colômbia Millonarios (COL)

1 2 0 1 1 3 4 -1
38º

 Colômbia Águilas Doradas (COL)

1 2 0 1 1 2 3 -1
39º

 Venezuela La Guaira (VEN)

1 2 0 1 1 1 2 -1
40º

 Venezuela Trujillanos (VEN)

1 2 0 1 1 1 2 -1
41º

 Uruguai Danubio (URU)

1 2 0 1 1 3 5 -2
42º

 Peru Alianza Lima (PER)

1 2 0 1 1 0 3 -3
43º

 Peru Univ Cajamarca (PER)

1 2 0 1 1 0 3 -3
44º

 Peru Inti Gas (PER)

0 2 0 0 2 0 2 -2
45º

 Bolívia San José (BOL)

0 2 0 0 2 3 6 -3
46º

 Chile Univ Católica (CHI)

0 2 0 0 2 0 4 -4
47º

 Bolívia Wilstermann (BOL)

0 2 0 0 2 0 6 -6
 

 

               

PRINCIPAIS ARTILHEIROS

Bolaños (Emelec) e Vilches (Huachipato)
Chávez (Boca Juniors), Romero (Cerro Porteño), Escobar (Deportivo Capiatá),
Mora (River Plate-ARG) e Pando (Universidad Cesar Vallejo)
Cardona e Ruiz (Atlético Nacional), Mena (Emelec), Carrilo e Vera (Estudiantes),
Gamarra (General Díaz), Erik (Goiás), Rodrigo López (Libertad),
Rodríguez (Peñarol), Santos (River Plate-URU), Ganso e Michel Bastos (São Paulo)
Bocanegra (Atlético Nacional), Blanco (Barcelona), Calleri e Gigliotti (Boca Juniors),
Guiza (Cerro Porteño), Nasuti e Rivas (Deportivo Cáli), Peralta e Ruiz (Deportivo Capiatá),
Giménez (Emelec), Edson (Fluminense), Uribe (Millonarios),
Zalayeta (Peñarol), Pisculichi e Simeone (River Plate-ARG), Díaz (San José),
Alan Kardec (São Paulo), Chávez e Quinteros (Universidad César Vallejo)
 

REGULAMENTO

PRIMEIRA FASE
A primeira fase será disputada pelas 32 equipes classificadas em segundo,
terceiro e quarto lugar em seus países (exceto os clubes de Argentina e Brasil).
Estão agrupadas em 16 chaves de dois clubes cada. Os vencedores seguem adiante.
SEGUNDA FASE
Na segunda fase entram os 16 classificados da primeira fase, além das
equipes da Argentina e do Brasil, mais o Lanús, campeão de 2013.
São 15 grupos de dois clubes cada, jogando em ida e volta, com o
vencedor de cada chave avançando, exceção feita ao último campeão,
a equipe brasileira, que já garante vaga na terceira fase diretamente.
FASE FINAL
Ao final da segunda fase, novos confrontos em sistema mata-mata, envolvendo
os 16 clubes classificados. Jogam dessa forma até a grande final.
VAGAS NAS FINAIS
O campeão, além do título, garante ainda vaga na Copa Libertadores 2015.
Disputará a final da Recopa Sul Americana 2015, contra o campeão da
Copa Libertadores 2014 e também, o título da Copa Suruga Bank em 2015.
 

.

PÁGINA INICIAL COPA SUL AMERICANA
PÁGINA INICIAL COPA SUL AMERICANA

Bola na Área © Copyright - Desde 2002