PÁGINA INICIAL

SÉRIE C

1997

 
A TABELA DO
CAMPEONATO
 
.
.
NÚMEROS DO
TORNEIO
64
PARTICIPANTES
260
JOGOS
633
GOLS
2,43
MÉDIA DE GOLS
POR PARTIDA

 

.
.
OS MELHORES
ATAQUE
JUVENTUS
36 GOLS
DEFESA
CAMPO GRANDE
3 GOLS

.

.
.
OS PIORES
ATAQUE
CAMPO GRANDE
1 GOL
DEFESA
TUPI
21 GOLS
.
.
.
MAIOR
GOLEADA
12.10.1997
Tupi Avaí
8 1
Mário Helênio
(Juiz de Fora-MG)

 

.
.

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

.
.
.
O CAMPEÃO

SAMPAIO CORRÊA
Sampaio Corrêa Futebol Clube
Fundação: 25 de março de 1923
Avenida General Artur Carvalho, s/n - São Luís (MA)
Tel: (98) 2106-5065 - Mascote: Tubarão
Estádio: Castelão (75.000 lugares)
 

COLOCAÇÃO FINAL

PARTICIPANTES PG J V E D GP GC SG

  Sampaio Corrêa (MA)

42 18 12 6 0 33 11 22

  Juventus (SP)

40 18 12 4 2 36 17 19

  Francana (SP)

31 18 9 4 5 25 20  5

  Tupi (MG)

30 18 9 3 6 26 21  5

  Uberlândia (MG)

25 12 7 4 1 26 11 15

  Ferroviário (CE)

20 12 6 2 4 15 13  2

  CSA (AL)

20 12 5 5 2 17 11  6

  Ji-Paraná (RO)

18 12 5 3 4 12 12  0

  Confiança (SE)

19 10 5 4 1 18 10  8

 10º Caxias (RS)

18 10 5 3 2 13 8  5

 11º Goiânia (GO)

18 10 5 3 2 12 7  5

 12º Itabaiana (SE)

17 10 5 2 3 20 15  5

 13º Avaí (SC)

16 10 5 1 4 17 16  1

 14º Montes Claros (MG)

16 10 4 4 2 9 10 -1

 15º Santa Rosa (PA)

15 10 4 3 3 15 13  2

 16º União Bandeirante (PR)

15 10 4 3 3 11 11  0

 17º ASA (AL)

16 8 5 1 2 11 5  6

 18º Atlético Sorocaba (SP)

14 8 4 2 2 11 8  3

 19º São Raimundo (AM)

14 8 4 2 2 10 8  2

 20º Quixadá (CE)

13 8 3 4 1 9 5  4

 21º Figueirense (SC)

13 8 4 1 3 14 14  0

 22º Internacional (SP)

12 8 4 0 4 14 15 -1

 23º Ponta Grossa (PR)

12 8 4 0 4 7 9 -2

 24º Internacional-SM (RS)

11 8 3 2 3 7 7  0

 25º Rio Branco (ES)

11 8 3 2 3 6 8 -2

 26º Social (MG)

10 8 3 1 4 11 11  0

 27º São José-PA (RS)

10 8 3 1 4 12 14 -2

 28º Operário (MS)

10 8 3 1 4 4 7 -3

 29º Palmas (TO)

9 8 3 0 5 6 10 -4

 30º Brasília (DF)

9 8 2 3 3 12 10  2

 31º Porto (PE)

8 8 1 5 2 9 9  0

 32º Juazeiro (BA)

7 8 2 1 5 8 9 -1

 33º São José (SP)

10 6 3 1 2 11 8  3

 34º Operário (MT)

8 6 2 2 2 9 5  4

 35º América (SP)

8 6 2 2 2 4 4  0

 36º Tocantinópolis (TO)

8 6 2 2 2 5 6 -1

 37º 4 de Julho (PI)

7 6 2 1 3 11 12 -1

 38º Paulista (SP)

7 6 2 1 3 10 11 -1

 39º Roraima (RR)

7 6 2 1 3 7 8 -1

 40º Chapecoense (SC)

7 6 2 1 3 3 4 -1

 41º Brasil (RS)

7 6 2 1 3 5 7 -2

 42º América (RJ)

7 6 2 1 3 4 6 -2

 43º Ceilandense (DF)

7 6 2 1 3 5 8 -3

 44º Blumenau (SC)

7 6 2 1 3 4 8 -4

 45º Catuense (BA)

7 6 1 4 1 8 8  0

 46º Portuguesa Santista (SP)

6 6 2 0 4 8 12 -4

 47º Vitória (PE)

6 6 1 3 2 5 8 -3

 48º Centro Limoeirense (PE)

6 6 1 3 2 2 5 -3

 49º Maringá (PR)

5 6 1 2 3 3 4 -1

 50º 15 de Novembro (RS)

5 6 1 2 3 4 6 -2

 51º Anápolis (GO)

5 6 1 2 3 6 9 -3

 52º Fortaleza (CE)

5 6 1 2 3 4 8 -4

 53º Picos (PI)

5 6 1 2 3 3 7 -4

 54º União Rondonópolis (MT)

5 6 1 2 3 3 8 -5

 55º Flamengo (PE)

5 6 1 2 3 5 11 -6

 56º Tubarão (SC)

4 6 1 1 4 10 13 -3

 57º Baré (RR)

4 6 1 1 4 7 13 -6

 58º Potiguar-M (RN)

4 6 1 1 4 6 12 -6

 59º Campo Grande (RJ)

4 6 0 4 2 1 3 -2

 60º Villa Nova (MG)

3 6 1 0 5 5 13 -8

 61º Galícia (BA)

2 6 0 2 4 7 15 -8

 62º Itumbiara (GO)

2 6 0 2 4 2 11 -9

 63º Rio Branco (SP)

1 6 0 1 5 3 9 -6

 64º Ríver (PI)

1 6 0 1 5 7 16 -9

  

               

PRINCIPAL ARTILHEIRO

9 GOLS
Marcelo Baron (Sampaio Corrêa-MA)

     


REGULAMENTO

PRIMEIRA FASE
Os clubes estão agrupados em 16 chaves com quatro equipes cada.
Jogam dentro dos grupos em partidas de ida e volta.
Os dois primeiros colocados de cada grupo vão a segunda fase.
SEGUNDA FASE
Os 32 classificados foram agrupados em chaves de 2 clubes.
Jogos em eliminatórias simples, com os vencedores avançando.
Em caso de igualdade de resultados, disputa de pênaltis.
TERCEIRA FASE
Nesta fase são 16 classificados em 8 chaves de 2 clubes.
Jogos em eliminatórias simples, com os vencedores avançando.
Em caso de igualdade de resultados, disputa de pênaltis.
QUARTA FASE
Os 8 classificados jogam em eliminatórias simples,
com os vencedores seguindo para a fase final.
FASE FINAL
Os quatro finalistas jogam entre si em ida e volta.
O clube que somar mais pontos nesta fase, será o campeão.
ACESSO À SÉRIE B
O campeão e o vice, da fase final, foram promovidos à Série B de 1997.
REBAIXAMENTO
Não houve rebaixamento nesta edição.
CRITÉRIOS DE DESEMPATE
1-Maior número de vitórias; 2-Melhor saldo de gols;
3- Maior número de gols à favor; 4-Confronto direto.

     


BRASILEIRÃO - SÉRIE A PÁGINA INICIAL BRASILEIRÃO - SÉRIE B
PRIMEIRA DIVISÃO PÁGINA INICIAL SEGUNDA DIVISÃO

Bola na Área © Copyright - Desde 2002